Como construir uma rotina escolar em casa?

Confira as dicas que preparamos para sua família.

Uma das maiores dificuldades dos pais nessa quarentena está sendo, sem dúvidas, a rotina escolar de seus filhos dentro de casa. Para lidar com isso da melhor forma, é sempre bom lembrar e compreender que é uma nova realidade para todos! Crianças costumam se adaptar mais facilmente, porém, essa não é uma simples mudança na rotina deles. É realmente necessário que a família se adapte junto para que as coisas funcionem da melhor maneira possível.

A princípio é importante que a casa tenha uma rotina. Comece pelo básico, estabelecendo uma hora para dormir e para acordar. Tente estabelecer horários para cada refeição do dia, bem como buscar uma boa alimentação. A partir disso, organize o dia de acordo com suas atividades e das crianças. Por exemplo: o horário das aulas online, um momento na outra parte do dia para a execução das atividades enviadas pela escola (como ocorreria na rotina regular); determine também horários para as atividades de lazer, dessa maneira, o dia da criança tem uma certa organização. Busque fazê-la compreender que para haver os momentos de lazer, é necessário cumprir as obrigações de estudo, mesmo que agora tudo aconteça dentro de casa.

Procure criar um ambiente de estudo para a criança, isso colabora para o entendimento dessa divisão de momentos. Pesquise formas de adaptar as atividades de maneira mais lúdica e dinâmica, não deixe de pedir ajuda aos professores, lembre-se sempre que essa situação é atípica para todos e provavelmente você não é professor e não está acostumado a lidar com isso. Todas essas adaptações de como apresentar e trabalhar os conteúdos escolares, vai variar de acordo com a idade da criança e suas particularidades. Observe como ela reage aos estímulos, o que costuma funcionar ou não. Converse com outros pais e com a escola, uma rede de apoio nesse momento é essencial.

É importante que a criança entenda essa rotina, então procure conversar com ela sobre a importância desses momentos e dessa organização. Se possível, monte um quadro de atividades acessível e de fácil compreensão, fazendo com que ela compreenda sua rotina individual, bem como a da casa. Observe sempre os sentimentos da criança, assim como os seus, é um momento complicado para todos. Autocompaixão é primordial nesse momento. Respeite sempre seus limites e tente não se cobrar tanto. Estamos vivendo esse momento todos juntos, mas cada um passa por ele de maneira particular, não esqueça.


Letícia Rangel

Psicóloga

CRP 13/9029

@psileticiarangel