Automação Residencial e Novas Tecnologias

Conheça algumas tecnologias para uso residencial

No post de hoje a diretora da Equilíbrio, Nathália Assis, conversou com Davi Lucena da Hifi, uma empresa de tecnologia especializada em áudio, vídeo e automação residencial em João Pessoa. E esse é o tema que trataremos hoje, sobre novas tecnologias na área residencial e como elas podem facilitar nossa vida. 

N: Sabemos que a casa no pós-pandemia deixou de ser somente um lar, o trabalho home office aumentou significativamente, além dos modelos híbridos, em que as pessoas vão à empresa, mas passam mais tempo trabalhando em casa, também foram adotados. Como é que a pandemia impactou na automação residencial, já que vocês trabalham com isso, houve um crescimento no setor? Como isso funciona?

D: Então a gente teve uma experiência bem interessante com isso, foi até surpreendente, na verdade. Eu digo que ninguém estava preparado para esse cenário, muita gente está tendo que se reestruturar, o que é o nosso caso, porém positivamente. Uma vez que muita gente enxergou esse período como um tempo de rever hábitos, isso fez com que a casa voltasse a ter um protagonismo, que tinha ficado um pouco pra trás com os anos. Sempre fomos formatados para sair de casa, ir trabalhar x horas por dia e voltar para casa só pra descansar, ou para atender alguma demanda, mas isso se inverteu. Hoje as pessoas estão mais em casa, eventualmente trabalhando de casa, fazendo mais as coisas em casa e o lazer também que foi transferido pra casa. Então observa-se essa necessidade de reestruturar esse processo. Assim houve aqui realmente procura desse tipo de produto em áudio, vídeo e automação em geral, visando maior conforto e maior praticidade nesses novos hábitos que a gente está adquirindo. Então foi um negócio bem interessante.




N: As pessoas começaram a enxergar a importância e como a tecnologia pode facilitar a nossa vida, porque em muitos momentos na nossa história, não só no processo de automação residencial, mas muitas pessoas enxergam o investimento em tecnologia como um custo simplesmente. E na hora que as pessoas começam a entender como aquilo pode facilitar a nossa vida, aquilo deixa de ser um custo e passa a ser de fato um investimento em qualidade de vida. Quais tecnologias, muitas vezes simples, os clientes podem colocar em casa, podem estar disponíveis inclusive aqui na loja com vocês e que facilita a vida?

D: A automação hoje abraça praticamente todas as áreas do nosso morar. Então temos visto o crescimento da internet das coisas (IoT), como eletrodomésticos que tem se conectado com a internet. Dos itens que já estão rodando bem, digamos assim, tem a iluminação. Temos a possibilidade de comandar a iluminação em um formato todo diferente, ou mais contemporânea através de cenários, através da boa e velha sessão a gente tem condição de criar ambientes para receber, pra trabalhar, pra lazer, etc. E tudo isso já está determinado em pré-configurações que chamamos de cenas, para facilitar o dia a dia, ganhar tempo nesses processos e melhorar também a nossa qualidade de vida. Eu destaco também a integração de dispositivos simples como ar-condicionados, TVs, aparelhos de áudio e vídeo em geral, receiver, integração de cortinas elétricas, controles de acesso e sistema  de segurança por câmeras também temos disponíveis aqui na loja. Então tudo isso integrado em uma única plataforma é a grande questão da automação.

N: Muita gente tem interesse, mas tem medo de procurar uma loja, inclusive eu e alguns amigos também tínhamos isso, porque achamos que não vai caber no nosso bolso, que isso é impossível e caro demais, que é coisa de televisão e novelas.

 A gente tem aí dispositivos como a própria Alexa hoje, que são uma grande âncora desse processo. E depende muito, da pra fechar um valor por ponto, porque depende muito da quantidade para que a gente possa se debruçar ali e estudar o projeto a fundo e por fim chegar numa planilha de viabilidade. O que eu costumo dizer sempre é para avaliar as prioridades, a pessoa está muito mais propensa a investir por exemplo numa cadeira de design, num móvel específico, mas deixa pra pensar em tecnologia em segundo plano. Então a cadeira tem uma função que é sentar e relaxar, mas eventualmente ela não devolve muita coisa pra você no seu próprio conforto e a satisfação pessoal de você ter um item ali de consumo né. Mas a tecnologia pode entrar de uma forma diferente, dinâmica. Então temos a possibilidade de ter mais praticidade, de organizar nossas rotinas de forma mais integrada e ter determinadas funções ocorrendo automaticamente dentro de uma residência ou dentro de uma empresa. Isso você não consegue quantificar, entra nos intangíveis, mas no final das contas ganhamos mais tempo pra gastar com coisas que gostaríamos de estar fazendo. Então é aquela discussão que já está batida de preço x valor, isso está muito mais associado a um produto de valor, do que um produto de preço, entendendo que os preços têm baixado também. Com isso convido todo mundo que está curioso com isso a nos contactar sem compromisso, vamos bater um papo, o showroom está sempre aberto pra isso, nossas redes sociais @hifiva no instagram.  E a gente eventualmente desenvolver uma conversa e chegar em uma solução viável para o que se deseja.

 

Se você gostou do post de hoje, segue a gente nas redes sociais e no YouTube!